Colágeno tudo sobre a substância essencial para a saúde da pele

Colágeno: tudo sobre a substância essencial para a saúde da pele

Principal proteína responsável por dar forma, estrutura e sustentação à pele, o colágeno é responsável, junto com a elastina e o ácido hialurônico, pela preservação do maior órgão do corpo humano. No entanto, a partir dos 30 anos de idade, o corpo reduz progressivamente a produção de colágeno. De acordo com especialistas, esse nível pode chegar a 35% aos 50 anos.

Nas mulheres, a tendência é que a situação se agrave durante a menopausa. Segundo pesquisas, nos cinco primeiros anos após a menstruação parar há uma diminuição de cerca de 30% na produção de colágeno no organismo. Depois, o declínio anual é de 2%. Por isso é tão importante investir na prevenção do envelhecimento da pele e procurar os procedimentos mais indicados para resgatar a estrutura, a firmeza e elasticidade da cútis.

Prevenção e rejuvenescimento

Pensando nisso, o Estúdio Mais desenvolveu um Programa de Rejuvenescimento que inclui ativos que promovem a síntese de colágeno em diferentes etapas do ciclo. Um bom exemplo é o Microagulhamento, um procedimento que faz a indução percutânea de colágeno. “Ele aumenta a vasodilatação, estimula a formação de colágeno e potencializa a penetração de cremes e medicamentos na pele”, explica a dermatologista Ticiana Garrido.

Após o Microagulhamento é feito um drug delivery com ativos estéreis com o intuito de aumentar ainda mais a produção de colágeno. Além de promover a renovação celular e o tratamento de manchas, o Programa de Rejuvenescimento inclui o Peeling Químico, que também atua estimulando a produção de colágeno ao mesmo tempo em que promove a remoção de células mortas.

Quando o objetivo é a renovação celular, outros tipos de peelings são eficientes em estimular a síntese de colágeno no organismo. É o caso do Ácido Mandélico, do Ácido Salicílico e da Solução Jessner. Entre os peelings mecânicos, o Peeling de Diamante é feito com um equipamento de sucção com ponteira diamantada que remove as células mortas da pele através de uma microesfoliação e tem como um dos principais objetivos a estimulação da produção de colágeno.

Procedimentos que estimulam a produção de colágeno no organismo também são indicados no tratamento de olheiras. A Carboxiterapia, por exemplo, é capaz de eliminar olheiras por meio de pequenas injeções de gás carbônico sob a pele. O método melhora a circulação sanguínea e, por isso, clareia a região em torno dos olhos e ameniza o inchaço. Além disso, o tratamento aumenta a produção de colágeno, deixando a área mais firme.

O colágeno também é importante no tratamento de gordura localizada, celulite e flacidez. Procedimentos como a Intradermoterapia (Enzimas) potencializam a circulação sanguínea local e aumentam a síntese de colágeno, melhorando a textura da pele.

E, por falar nisso, o Programa de Combate à Celulite do Estúdio Mais investe na Radiofrequência, em que um aparelho remodela as fibras de colágeno existentes e estimula a formação de novas, melhorando a circulação e amenizando o aspecto de “casca de laranja”.

Não se esqueça de comer bem

O colágeno está presente em alguns alimentos, que são indispensáveis para ter uma pele saudável. Não é à toa que a Vitamina C, por exemplo, está em evidência. Ela é uma das substâncias responsáveis por promover a síntese de colágeno no organismo. Portanto, além de investir em cosméticos com Vitamina C em sua formulação, aposte em alimentos ricos nesta substância.

Quer saber mais sobre os tratamentos ideais para o seu tipo de pele? Agende uma visita em uma das unidades do Estúdio Mais!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Carrinho de compras
Abrir bate-papo
1
💬 Precisa de ajuda?
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?